Caboclo das Sete Encruzilhadas: mensagem do Chefe

Caboclo das Sete Encruzilhadas foi responsável pela primeira manifestação da Umbanda em sua história.

A mensagem abaixo foi psicografada pelo médium Zélio de Moraes, considerado o fundador da Umbanda, em 1908. Esta mensagem foi ditada em 16 de julho de 1960, pouco mais de 60 anos atrás.

Acompanhe!

Que a Luz irradiante de Jesus brilhe sobre as vossas cabeças para clarear vossos espíritos ainda envolvidos na escuridão das vossas imperfeições e sujeitas às vicissitudes da matéria.

Fraca e humilde é a minha voz que se levanta para bradar alerta aos seus irmãos espíritas e levar-lhes a luz necessária para encaminhá-los na maneira certa e gloriosa da verdade.

Mas que importa que seja ela fraca e humilde quando anseia o desejo de propagar os ensinamentos puros de Jesus e de dirigir os seus irmãos pela trilha verdadeira, fazendo da nossa Casa um exemplo de humildade e amor ao próximo, no tratamento a qualquer irmão que aqui venha ou que trabalhe com o mesmo fito de ajudar a engrandecer a nossa Tenda.

Toda a pureza nas intenções e maior recato na linguagem, abstenção completa de pensamentos egoístas que desdouram a vossa fé, é condição indispensável, a fim de afastar os obreiros do mal, que acossados pela falange da verdade, procuram na hora extrema escalar os redutos mal fortificados.

Sejam honestos e exemplificai pela vossa modéstia o amor ao seu semelhante.

Eu sou a voz que se levanta em nome de Deus e venho dar aos meus irmãos o pão celeste para alimentar a vossa fé. Eu sou o mais humilde dos espíritos que baixa ao Planeta Terra e só me anima o espírito o desejo de fazer o bem, sem o menor vislumbre do orgulho, de vaidade, despido de todo interesse mundano.

Não deixeis que em vossas fileiras penetre o menor sentimento de ódio ou de inveja. Sanar vossas consciências ao bafejo santo de caridade.

Meus queridos irmãos, sejam prudentes e cautelosos no vosso trabalho para que ele se revista de toda a serenidade e possa atrair as virtudes dos que procuram formar as suas crenças.

Sejam simples e modestos, pacientes e abnegados, que tudo obtereis para a fácil difusão da sublime lei do amor.

O meu desejo é que, de hoje em diante, desde que estejam dez pessoas na nossa Casa, será começada a distribuição dos cartões. Vou regularizar os médiuns e espíritos que insuflam uns contra os outros e então vocês vão ver tudo melhorar e assim continuarei a pedir a Deus por todos como o mais pequenino dos espíritos.

Assim disse “o chefe”, Caboclo das Sete Encruzilhadas

Saiba mais sobre o Caboclo das Sete Encruzilhadas AQUI