Mensagem do Cigano Vladimir para os umbandistas

A mensagem do Cigano Vladimir traduz, em certa medida, muito do que a Linha dos Ciganos traz para a Umbanda.

Leia e entenda melhor!

Pouco se sabe e muito se especula a respeito dos Ciganos espirituais.

Afinal, espíritos Ciganos (incluindo aqui o Cigano Vladimir) em sua grande maioria são espíritos de pessoas que tiveram uma vivência como ciganos na Terra. São pessoas que já passaram por muita tristeza e sofrimento quando aqui estiveram, mas que nunca deixaram de sorrir e bailar com alegria [transmutando as experiências que tiveram em tempos de encarnados].

Essa é a nossa missão na Terra: trazer alegria!

Então, assim como outros falangeiros da Umbanda, podemos ajudar a fazer com que os filhos da Terra aprendam e valorizem os pequenos prazeres da vida, coisas que a maioria de vocês não sabe aproveitar.

Apreciar “una bela Luna”, aprender a trabalhar com ela, ouvir o canto dos pássaros, sentir-se renovado com a natureza como a planta que deixa suas folhas velhas caírem para renascerem fortes e belas na próxima estação.

Portanto, peço que deixem de nos mistificar! Além disso, estudem e entendam como agiam os antepassados ciganos.

Entrem em contato com seus próprios antepassados antes de deduzirem ou afirmarem que o único papel do Povo Cigano é trazer amor de volta ou que cigano só trabalha com amor.

Certamente nós, ciganos, sempre fomos muito amados e odiados.
Sempre fomos intensos, por sermos autênticos.

Ainda mais que os “gadgés” (não-ciganos) sempre cobiçaram nossa liberdade e nossas mulheres.
Mas não hesitavam em humilhá-las se estivessem frente ao próprio povo.

Ou seja, a hipocrisia sempre existiu.

O medo do novo e do diferente sempre existiu.
Mas não deixem que esse medo os paralise. Sejam vocês. Sejam autênticos.

Mensagem do Cigano Vladimir é uma mensagem da Linhagem Cigana

Cigano é muito mais que bailado, amor e festa. Pelo contrário, do lado de cá trabalhamos e muito, realizando todo tipo de trabalho em auxílio aos irmãos encarnados. Auxiliamos os que por gratidão ou afinidade energética admiram nosso povo, nossos costumes, os que já estiveram conosco em vida terrena.

Da mesma maneira, trabalhamos com cura física, espiritual, na ativação do amor divino, com os 4 elementos da natureza (a natureza é o nosso maior tesouro!): terra, fogo, água e ar.

Acender uma vela nunca pode ser algo aleatório, pois o fogo é magia divina!
Fazer fogo é ativar um elemento poderosíssimo. O fogo tanto cura como queima aquilo que não se deseja mais.

Cigano é magia!

Mas não qualquer magia. Não é pronunciar umas palavras e pronto.

Somos magia divina de vida, sempre respeitando nossas hierarquias, os desígnios de Deus e de nossa Mãe Santa Sara Kali.

Nenhuma oferenda ou magia aos Ciganos ou a qualquer espírito que responda a uma Ordem do Alto, do nosso Pai Maior, deverá ser à toa ou por motivo fútil. Enfim, pensem bem na felicidade que buscam.
E como se deve fazer isso? É simples: não pensem numa felicidade onde somente seu Ego será preenchido. Isso não é ser feliz.

Lembrem que trabalhamos em conjunto. Então, não adianta acender vela se no coração não há luz (e isso não fui eu quem inventei, mas um amigo Preto Velho de vocês). Ative sua vela com a intenção desejada!

Estudo, dedicação e fé. É isso o que aconselho a vocês que desejam trabalhar conosco. Da mesma forma, respeito ao nosso Povo e aos nossos costumes milenares. E que Santa Sara Kali abençoe a todos.

Assim me despeço através das mãos desta que foi uma de nós (e que ainda falará mais a nosso respeito).

A mensagem do Cigano Vladimir é só um pequeno exemplo de toda a representatividade deste povo.

Opcthá a magia cigana!

Força, Coragem e Luz a todos.

Texto
Mensagem canalizada por Patrícia Trajano Gonçalves em 02/09/2010
Foto
Robert Balog/Pixabay