Ansiedade noturna: a dificuldade de descansar a mente

Ansiedade noturna pode até parecer uma classificação subjetiva, pois a ansiedade não costuma escolher horário, não é mesmo?

O texto abaixo foi produzido por Luiza Fletcher para o site O Segredo e traz algumas informações interessantes que podem ajudar muitas pessoas que neste momento (ou há mais tempo) sofrem de algo similar.

Acompanhe!

Crises de falta de ar, de pânico, dificuldade de dormir e despertares súbitos são algumas das principais características da ansiedade noturna, que atinge mais pessoas do que podemos imaginar!

Nossas rotinas podem ser realmente estressantes. Muitas responsabilidades no trabalho, com a família e ainda temos que encontrar tempo para nós mesmos, para cuidar de nossa saúde. Toda essa cobrança pode afetar o nosso psicológico e, muitas vezes, mesmo quando estamos muito cansados, não conseguimos dormir, descansar. Ao invés disso, ficamos à noite inteira acordados, pensando em tudo o que temos que fazer e calculando todas as possibilidades, caso as coisas não deem certo.

Podemos achar que essa insônia é inofensiva, apenas uma consequência do momento em que vivemos, mas ela pode ser algo mais sério, uma ansiedade noturna, condição provocada pela dificuldade de tranquilizarmos nossas mentes de tudo aquilo o que nos acontece durante o dia.

Quando não procuramos uma forma de tratar todo o estresse e ansiedade gerados pelo excesso de responsabilidades que carregamos em nossos ombros todos os dias, nossa saúde sofre as consequências, especialmente nosso sono, que simplesmente parece desaparecer, contribuindo para que nos sintamos cada vez mais esgotados.

A falta do descanso se reflete na rotina dessas pessoas, que vivem um ciclo muito negativo e não conseguem enxergar uma maneira de se libertarem dessa situação.

Superar essa situação depende muito de nós. E existem alguns hábitos que podemos adotar para começarmos nossa melhora:

Alimentação mais leve no jantar;

Evitar celulares quando estivermos deitados para dormir;

Incorporar alguns exercícios de meditação ou mindfulness antes de deitar;

Deitar-se todos os dias no mesmo horário;

Afastar-se de ambientes e pessoas conflituosas.

Todas essas medidas são muito úteis para nos libertar da ansiedade noturna, mas se a situação permanecer, é sempre indispensável procurar ajuda médica, para que possamos ser orientados da melhor maneira para o nosso caso.

Ansiedade é uma condição séria, que afeta todas as áreas de nossas vidas, e precisa ser tratada com seriedade. Cuide da sua saúde e das pessoas que estão ao seu redor.

Isolamento social e ansiedade noturna

Impossível não citar o momento de pandemia que vivemos e assim correlaciona-la com distúbios, ainda que momentâneos, relacionados ao sono. Afinal, crescemos com a ideia de que é preciso “sair para ganhar a vida”, pois, ao contrário, quem fica em casa sem aparentemente ter nada a fazer estaria “perdendo tempo”.

Há uma parcela da população que pode se dar ao luxo de se isolar por um, dois, três meses em casa sem a carência de dinheiro e sem a perda do emprego. No entanto, a situação da maioria é bem diferente. E é aí que as aflições, dúvidas e ansiedades se manifestam.

Os hábitos sugeridos aqui para serem adotados são realmente positivos e muito podem ajudar. Mas cabe ressaltar um aspecto de grande importância que complementa as sugestões dadas pela autora acima: afinal, o que você pode fazer, por si só, para alterar a situação econômica e social de isolamento social causada pela pandemia do coronavírus?

Ao se questionar com franqueza a este respeito logo você notará que a sua margem de manobra é pequena, mas existe. Mas as soluções que você precisa só serão encontradas em sua mente se você aceitar a situação e deixar de lutar contra as dificuldades. Se ficar remoendo os problemas, o isolamento, a falta de trabalho, dificilmente encontrará uma saída.

Use o tempo livre para pesquisar, encontrar informações sobre o que gosta de fazer. Pode ser que a partir daí encontre uma nova ocupação, ainda que momentânea. E pode ser até que esta nova ocupação seja rentável e se torne uma solução. Mas entenda que tudo na vida é processo, não há soluções mágicas.

Esqueça os problemas por um momento, relaxe a mente e pense no que pode fazer. Se quiser, faça uma oração, peça aos Guias e Orixás um sinal, uma intuição. Ansiedade noturna, por exemplo, pode gradativamente ser transformada em um tempo seu, onde você poderá direcionar seus pensamentos para soluções.

Faça isso, deixe as ideias virem, passarem e pode ser que uma ideia surja. Você saberá reconhecer os novos caminhos!