Preto Velho e a pedra mágica

Preto Velho e a pedra mágica é uma história que carece de comprovação, mas isso não invalida seu conteúdo.

Um dia um médium de um Terreiro de Umbanda bem simples (mas muito bonito) perguntou para o Preto Velho qual pedra ele poderia usar consigo para que a sorte pudesse entrar definitivamente em sua vida.

Então, o Preto Velho esclareceu ao médium que para que em sua vida a sorte pudesse adentrar em sua jornada, respondeu:

– Filho, a pedra que vou te indicar é muito especial e não será nada fácil de ser encontrada. Você deverá andar muitos quilômetros por dia e ficar atento ao seu caminho para que você não tropece, tamanha é a dificuldade de encontrar essa pedra – disse com uma expressão de amor em meio à fumaça suave de seu cachimbo.

O médium, intrigado, disse ao ancião que conhecia uma loja famosa de pedras em sua cidade e que não seria problema encontrar muitas pedras, por mais raras que possam ser.

Então o Preto Velho acenou com a cabeça e com serenidade lhe deu as instruções:

– Pois bem filho. Você então terá que ir todos os dias nesta loja, olhar bem todas as pedras por uma semana inteira e voltar na semana que vem me contando qual pedra você acredita que deverá ser a que vou lhe indicar para que a sorte entre em sua vida.

E a partir dali o médium realmente passou a acreditar no Preto Velho e a pedra mágica como algo capaz de ser encontrado.

Preto Velho e a pedra mágica

O médium aceitou a proposta do Preto Velho mesmo que intrigado e agradeceu sem dizer mais nada. Afinal, já se sentia preparado para a tarefa dada pelo sábio e carinhoso Guia.

Na semana seguinte, o médium voltou ao Terreiro e, meio desanimado, tornou a falar com o Preto Velho.

– Pai, fui na loja de pedras todos os dias mais ou menos no mesmo horário e vi tantas pedras que não consegui intuir ao certo qual deveria escolher. Pesquisei sobre pedras, aprendi muito nesta semana e acredito que, para a minha sorte, com certeza mais de vinte pedras que lá encontrei serviriam…

Então o nego velho olhando nos olhos do médium disse:

– Filho, vou te falar então qual pedra você deve usar. Você deve usar a pedra da disciplina! Você foi a esta loja todos os dias, estudou, adquiriu conhecimento e está aqui bem diferente do que veio na outra vez. Use esta disciplina que você teve para procurar a pedra da sorte em sua vida e a sorte lhe acompanhará por todo sempre. A pedra da sorte é a disciplina! O resto, meu filho, é muleta de gente acomodada.

O médium ficou surpreso, porém entendeu a profundidade do conhecimento ali passado pelo Preto Velho. Agradeceu e seguiu seu caminho.