Orixá de Cabeça: você conhece as características do (a) seu (sua)?

http://orixas.umbandaeucurto.com.br/Orixá de Cabeça (ou Orixá de Frente) é um dos temas de maior interesse na Umbanda.

Seja você umbandista ou simpatizante da religião, não demora muito para que a curiosidade apareça.

Entre os médiuns de Umbanda então, é quase um absurdo não saber quem é seu Pai ou Mãe de Cabeça!

Segundo Alexandre Cumino, sacerdote responsável pelo Colégio de Umbanda Sagrada Pena Branca (SP), “Ninguém é filho de um único Orixá”.

Autor umbandista e professor de Teologia e Sacerdócio, Cumino destaca que apenas saber quem é seu Orixá de Cabeça, sem praticar e entender a religião, não faz muito sentido.

“Antes de falar sobre isso eu estimulo os médiuns, os alunos, enfim, a todos, que entendam quem são os Orixás e suas características”, diz Cumino, que também é nosso
colaborador nos canais Umbanda Eu Curto.

E complementa:

“Depois disso ele ou ela está autorizado a reconhecer em si mesmo quem é o seu Orixá.”

Em sua visão, este autoreconhecimento se torna evidente e, a partir daí, nenhuma outra pessoa ou método de reconhecimento o fará questionar isso.

Cristiano Nascimento, sacerdote responsável pela Casa de Caridade Caboclo Tupinambá e Ogum Beira Mar, localizada em Guarulhos (SP), saber quem são seus Orixás
regentes não é um fundamento na Umbanda.

Ou seja: não é essencial saber para praticar a Umbanda.

LEIA TAMBÉM  Por que muitos cristãos fogem do Carnaval?

Isso significa dizer que você pode praticar a religião, seja como médium incorporante ou consulente, sem necessariamente TER QUE SABER quais são seus Orixás.

Além disso, a questão toda é um pouco mais complexa.

Seguindo a literatura revelada por Rubens Saraceni, todos temos Orixás de Frente (ou de Cabeça, como popularmente é conhecido), Ancestre e Adjunto.

Descobrir cada um deles faz sentido para médiuns e sacerdotes de Umbanda, tudo bem.

Afinal, na caminhada de um médium na Umbanda, o estudo e a dedicação vão trazendo à tona algumas certezas, as quais podem auxilia-los em seu autoconhecimento.

Assim, conforme vão se desenvolvendo na religião, vão entendendo, se convencendo gradativamente sobre quais Orixás ‘regem suas Coroas’.

Precisaria saber? Não. Mas é quase impossível conter este desejo nos Filhos de Umbanda!

Como descobrir meu Orixá?

Nosso colaborador, Cristiano Nascimento, durante uma das LIVEs que realizamos em nossa página oficial no Facebook, disse que seu Orixá de Cabeça é, em suma, “aquilo que você
mostra para o mundo”.

Assista a gravação da live ‘Orixás regentes: O que eles significam em sua vida?‘.

Na prática, seu (sua) Orixá de Cabeça ajuda a determinar as características que você mostra no dia a dia, seu modo de ser nesta encarnação.

E para determinar isso, cabe a cada um de nós ler sobre as características dos Orixás, de seus Filhos e Filhas e tirar suas próprias conclusões.

LEIA TAMBÉM  Tarô de Crowley - Palavras-Chave

Sabemos que no Candomblé e em algumas vertentes de Umbanda, o jogo de búzios é uma das formas de se determinar o Orixá de Cabeça. Esta forma também é muito utilizada, mas como todas as demais nunca será 100% segura.

***

Uma outra forma de descobrir o Orixá é se identificar-se com as características de cada Orixá.

Pensando nisso, desenvolvemos a série Filhos e Filhas dos Oríxás.

São 14 livros digitais (e-books) de cada Orixá em que trazemos para você as principais características dos Filhos e Filhas de cada Orixá. Há também a Edição Coletânea, com a características de todos os catorze filhos de orixás num único e-book.

Numa linguagem simples e fácil de entender, você entenderá mais sobre os Orixás e sobre as características que seus Filhos e Filhas apresentam.

Já sabe quem é o seu Orixá de Cabeça?

Para quem já sabe o seu Orixá da cabeça, os e-books também valem a pena. Cada e-book traz opções de Oferendas e Orações, como conteúdo bônus, para que você realize seus rituais aos Orixás.

Escolha e adquira o seu e-book em http://orixas.umbandaeucurto.com.br/

IMAGEMGabriel Barletta/Reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here