Descalço no Terreiro: entenda os motivos

Ficar descalço no Terreiro é uma prática muito comum na Umbanda.

Mas você conhece o porquê desta prática?

Dentre as diversas interpretações que pesquisamos, reunimos abaixo algumas que se repetem e justificam esta tradição.

Em geral, o solo representa a morada dos nossos antepassados e quando estamos descalços tocando com os pés no chão estamos entrando em contato com esta ancestralidade.

Então, é como se todo conhecimento e sabedoria que esse passado guarda entrasse em conexão conosco.

Outro motivo para ficar descalço no Terreiro tem a ver com a sacralidade do templo.

E, como tudo que é sagrado requer algum tipo de ritualística, aqui o destaque é a questão da pureza/impureza do solo.

A ideia é que ao vir da rua com os sapatos sujos e entrar com eles onde os trabalhos espirituais são realizados seria algo similar a alguém entrar em nossa casa carregando uma pilha de lixo que vai caindo e se espalhando por todos os cantos.

Numa situação como esta, o que você diria esta pessoa?

Talvez a opinião mais contida seria a de que tal pessoa não tem ou não demonstra o mínimo respeito por você ou por sua casa, não é mesmo?

E um terceiro motivo é, digamos assim, puramente ritualístico.

Pois é fato que os médiuns atuam como verdadeiros para-raios durante o atendimento nos Terreiros.

Assim, ao receberem qualquer energia mais forte, se estiverem descalços sem nenhum material isolante entre o corpo e o chão, esta se dissipará rapidamente no solo.

É praticamente uma explicação científica, pois associa nossos corpos à dualidade energética positiva e negativa.

Com isso, é possível dizer que estar descalço no Terreiro é também uma forma de garantir a segurança do médium para que não acumule ou leve determinadas energias consigo ao final dos trabalhos.

Descalço no Terreiro: entenda os motivos 1

Por fim, vale destacar um aspecto simbólico tão importante quanto os demais: ao realizar trabalhos espirituais descalço emulamos uma forma de representar a humildade e a simplicidade da Umbanda, aspecto este fundador da nossa religião.

No entanto, é importante dizer que não devemos exigir isso de todas as irmãs e irmãos que frequentam nossos templos.

Muitos vêm de longe (e terão de voltar), outros possuem sensibilidade para andar descalços, só pra citar dois motivos.

Mesmo assim observamos muitas irmãs e irmãos consulentes tirarem os sapatos antes do atendimento com os médiuns. É uma prática salutar, elogiável, mas aqueles que não o fazem não são menos respeitosos.

Via de regra, aos médiuns é algo recomendável, mas para a assistência é facultativo.

Não sejamos fundamentalistas, pois disso o mundo já está cheio!

E você? Conhece outros motivos para ficar descalço no Terreiro?

Deixe sua opinião abaixo.

A foto que ilustra este texto é de Micheile Henderson, publicada no site Unsplash.