Zélio de Moraes e o sacerdócio de Umbanda

“No Brasil, a gente manipula a cor. Há quem diga que isso é um racismo fluído. Eu discordo.”

Cortella fala sobre a Umbanda com respeito e destaca Rio Grande do Sul