Polêmica Simone e Simaria: importante ou exagero?

Polêmica Simone e Simaria
Publicidadeanuncio

A polêmica Simone e Simaria foi esclarecida.

E, para quem ainda não sabe, tudo aconteceu porque a dupla sertaneja decidiu não cantar um trecho da música Quero Ser Feliz, do Natiruts, durante o programa Música Boa Ao Vivo, do Multishow.

Mas que trecho? Justamente quando a letra diz “flores brancas, paz e Iemanjá”.

Então, como sempre, as redes sociais ferveram!

Assim, após a polêmica Simone e Simaria trataram de esclarecer o episódio.

Ao passo que, ao portal UOL, as “coleguinhas” esclareceram:

“Quer que eu cante? Flores brancas, paz e Iemanjá”, disse Simone, entrando a música.

Da mesma maneira, Simaria a acompanhou na interpretação em meio a uma sessão de fotos da Festa do Peão de Barretos, da qual as irmãs são embaixadoras.

Explicando a Polêmica Simone e Simaria (por elas mesmas)

Simaria revelou que esteve ocupada antes do programa do Multishow.
Portanto, não ensaiou a música e teria se perdido na letra.

“Eu nem sabia cantar aquilo. Vou mentir para vocês?
Eu estou de mudança, as minhas malas todas no meio do quarto.
Eu disse: ‘Simone, eu vou jogar pra tu, porque não sei cantar essa música não!’”, explicou.

Além disso, a sertaneja também afirmou que a canção foi escolhida em conjunto com Iza, Gloria Groove e Matheus & Kauan.
Pois todos fazem parte de um mesmo grupo de WhatsApp.

LEIA TAMBÉM  Barco de Iemanjá não terá apoio da prefeitura do Rio de Janeiro

“É porque o povo fica criando situações… O povo é sem-vergonha mesmo”, disse Simone com humor.

Por fim, Simaria disse:

“É a maior besteira do mundo!
Meu amigo, se você quiser tocar o seu tamborzinho, toque o seu tamborzinho!
Se quiser ajoelhar e ir para a igreja, vá para a igreja!”, sentenciou.

“Nós vivemos em um país livre e as pessoas têm que parar com isso.
Se você é feliz na sua religião, está ótimo, está massa!”, concluiu a cantora.

Importante ou exagero?

Às vezes, aqui no Umbanda Eu Curto, temos que tratar de alguns temas que extrapolam a própria religião.

É o caso de algumas falas do presidente da República, famosos que ingressam na Umbanda e até situações de violência e intolerância.

No entanto, temos notado um clima crescente de enfrentamento religioso, como se fosse possível mensurar religiões.

Sobre a polêmica Simone e Simaria, há pessoas, inclusive, que não aceitam a justificativa das cantoras. Dizem que elas só ‘não querem ficar mal’ com os fãs.

Ou seja: vivemos em tempos em que nem mesmo a palavra oficial, a afirmação de alguém tem valor. O que importa é o julgamento de cada um e pronto.

Por fim, nós do Umbanda Eu Curto e nossos colaboradores somos contrários à intolerância, seja de onde ela vier.

Mas e você? O que achou do caso? Tem importância ou foi um exagero das ‘redes sociais’?

LEIA TAMBÉM  Novela Segundo Sol causa polêmica e revolta

Deixe sua opinião para nós!

IMAGEMDivulgação/C.J. Toskano

Conheça as características dos FILHOS e FILHAS dos ORIXÁS e como eles influenciam o seu modo de ser e de agir. CLIQUE AQUI