Caboclo Ubirajara e uma carta aos médiuns

caboclo ubirajara

Caboclo Ubirajara revelou ao médium de Umbanda Renato de Freitas Rocha a seguinte carta:


Todos são médiuns, mas cada um com um grau de mediunidade.

Dessa forma, devemos nos esconder e pensar que somos loucos?
Claro que não meus filhos!

Aceitem com naturalidade esse grande dom que Deus deu para ajudar ao próximo.
Igualmente, não deixe que só por você ter um nível maior de mediunidade que seu ego se saia maior que sua humildade.

Pois o maior médium é aquele que humildemente não se expõe se passando por melhor.
Mas sim aquele que ajuda as pessoas sem dizer de onde vem a ajuda.

Filho, não fique preocupado com qual tamanho é sua mediunidade.
De outra forma, preocupe-se em praticar o amor e a caridade, e que a cada ano novo em sua vida você faça novos votos com Deus e mais pessoas ajude.

Portanto, quando o filho pisar o pé em um Terreiro, ajoelhe-se e coloque a mão esquerda sobre a direita no chão e bata sua cabeça sobre sua mão.
Assim, mostre o respeito ao Terreiro que você entra!
Pois ali também é sua casa meu filho, uma casa que te ensina o amor, a caridade e a humildade.

Filho, têm Terreiros com muitos problemas, falta de união, falta de busca de conhecimento.
Assim sendo, não se deixe ficar na mesma, vá atrás de conhecimento.

LEIA TAMBÉM  Povo Cigano: entenda essa manifestação na Umbanda

Com toda certeza, some com a casa que você frequenta, traga a mudança para ela.

Toda família tem problemas, mas só depende de nós ajudar a mudar.

Pois as mudanças não vem de uma hora para outra, vem aos poucos trazendo maior conhecimento a todos da família.

O Caboclo Ubirajara lhe diz: tenha sempre fé e lute que você sempre será guiado pelas tuas entidades.

Coitados dos zeladores que acham que a religião está para fazer o mal.
Dessa forma eles irão pagar muito caro pela sua tolice!

Pois achar que essa maravilha que Deus deu foi feita para a prática do mal…

Isto é, eu, Caboclo Ubirajara, não tenho medo de dizer a verdade para esses zeladores que não sabem o que fazem.

Acham que nós fazemos o mal, mas se chegamos a essa evolução não vamos voltar com práticas do mal que os humanos acham que fazemos.

Podem dizer que não tenho conhecimento do que eu digo e que meu médium é mentiroso.
Mas vos digo que nada tememos, pois a verdade de Deus não pode ser escondida por medo de retaliações das pessoas ignorantes.

Assim, muitos daqueles que acham que estão com suas entidades estão, na verdade, com espíritos de baixa evolução o enganando e subtraindo suas energias.

Não filho, tuas entidades não te abandonaram.
Elas estão por perto, só olhando e deixando você por aprender e, na hora certa você irá ver pelo que passa e irá mudar sua vida e suas atitudes.

LEIA TAMBÉM  Espiritualidade elevada: 10 hábitos para chegar lá

Nós, entidades, não deixamos os filhos; apenas damos espaço para eles aprenderem e evoluírem seus espíritos.

Então, meu filho, evolua e deixe seu espírito evoluir. Essa é a mensagem do Caboclo Ubirajara pra hoje.


Você conhece a definição da palavra ‘mandinga’? E o que isso tem a ver com os Pretos Velhos? CLIQUE AQUI e saiba mais!

TEXTOPsicografia enviada por Renato de Freitas Rocha