Desenvolver mediunidade: 10 dicas simples para fazer já

0
8906
Publicidade

Desenvolver mediunidade é algo que sempre causa dúvida na cabeça dos umbandistas.

Entender se é ou se não é médium talvez seja a primeira preocupação da maioria.

Porém, quando o umbandista aceita e deseja de boa fé seguir no desenvolver mediunidade é importante saber que há pequenos passos que deve ser seguidos.

E isso independe da Casa ou da orientação de Umbanda praticada em seu Terreiro.

Além da Fé, do Amor e da Caridade, cada vez mais o bom senso se torna determinante para desenvolver mediunidade na Umbanda.

Vale a pena conferir as dicas abaixo colhidas no Blog do Baiano Juvenal:

1) Ao escolher uma Casa para trabalhar, respeite-a e estude sua doutrina;

2) Gerencie o seu comportamento e não o dos seus irmãos;

3) Aprenda a ouvir e sentir os seus Guias e mentores. Não trave a sua intuição;

4) Cuide-se devidamente com os banhos, velas, preces, preceitos, etc.;

5) Cuide do seu anjo de guarda com mesmo afinco que se dedica a cuidar da Esquerda!

6) Só podemos dar ao outro aquilo que temos, caso contrário, você beira a hipocrisia e na hipocrisia seus Guias se afastam de você;

7) Não tenha pressa, tudo acontece no seu tempo e o seu tempo é diferente do seu irmão;

8) Tenha disciplina, foco e determinação;

9) Ajude nos afazeres da Casa e no processo de cambonagem. Isso é para os Guias e não para as matérias!

10) Ao entrar em uma Casa de Santo (Terreiro), tenha foco na oração e nos bons pensamentos. O Guia utiliza o que a matéria tem a oferecer. Aprenda a ter a prece como sua rotina!

Além das dicas acima é importante destacar que o seu processo de desenvolver mediunidade deve ter, antes de tudo, o seu desejo pessoal em ser alguém melhor.

Seu desejo de ser mais espiritualizado e disposto a colaborar com as pessoas.

Com esta condição, a Umbanda lhe surgirá gradativamente como uma resposta de Amor e Luz para viver melhor e se desenvolver.

E você? Já pratica estas 10 ações? Faltou algum item?

Deixe sua opinião para nós!