Publicidade
Início Notícias Comportamento Mendigo entra na Gira e o que acontece depois vai te surpreender…

Mendigo entra na Gira e o que acontece depois vai te surpreender…

0
9903
Publicidade

Mendigo entrou no Terreiro em plena Gira de Esquerda.

Entra, senta e começa a gritar:

– vim aqui pra falar com o Tranca Rua!

A abertura do trabalho estava terminando naquele momento. Restavam apenas alguns médiuns para incorporar.

Certamente todos estavam desconfortáveis com aquela presença no Terreiro.

Ainda mais que o mendigo, como se pode imaginar, estava sujo, maltrapilho e com um cheiro insuportável.

Assim, nosso irmão que nos relatou este ocorrido (o chamaremos de João) se apressou para cumprimentar sua Mãezinha (a dirigente do Terreiro), pois seria o último a
incorporar para então darem início aos atendimentos.

Logo que tocou a mão da Mãezinha ele incorporou, muito mais rápido que o normal.
E o Guia que o acompanha, adivinhem: Exu Tranca Rua!

Uma vez que incorporou, cumprimentou todos os demais médiuns, saiu de seu espaço e foi até o mendigo.

– Você veio aqui pra falar com Tranca Rua?
– Sim, cadê Ele? – retrucou o mendigo.
– Tá falando com Ele. Vamos entrar.

Então o homem se levanta e continua falando algo em voz alta.

– Ei, abaixa a voz! Respeito aqui dentro! – alertou a entidade mais uma vez.

O homem se calou e foi encaminhado até o espaço onde se dão os atendimentos naquela Casa.

Não só as pessoas ali presentes estavam surpresas como também João, incorporado por Exu Tranca Rua.

– Pronto, pode falar – disse com voz firme.

Então o mendigo começou a descrever várias situações em que conversou com Exu Tranca Rua, com o Caboclo e outras Linhas.

Em seguida lembrou que tinha que falar com Tranca Rua para que ele lhe desse um caminho.
Supostamente a Pombagira Maria Mulambo tinha sugerido algo assim.

Com calma, mas com firmeza, o Exu tranquilizou o homem, deu um passe, mas logo ele recomeçou verbalizar coisas sem nexo.

Foi então que Tranca Rua surpreendeu a todos novamente (incluso o João):

– Posso dar um abraço no senhor? – perguntou.

E com o aceno positivo, abraçou o homem que, a partir dali baixou a guarda, se emocionou e se permitiu ser atendido.

Aí passou a contar histórias, a falar das dificuldades da vida e a cantar Pontos de Umbanda.
Ou seja: João se surpreendeu novamente!

Após conversarem por um tempo, Exu Tranca Rua foi encaminhando a conversa para o fim.

Então chamou a cambone da Casa e perguntou se havia comida para doar ao homem. Havia. E foi doada.

Ao se despedir perguntou:

– Posso voltar outras vezes?
– Pode. Mas a Casa tem regras. Sem gritaria, sem ter bebido e sem desrespeitar os outros.

O homem agradeceu, reuniu suas sacolas e bolsas e foi saindo em direção à porta.

Por sua vez, Dona Clara (vamos chamar esta irmã assim) acompanhou-o até o portão da saída.

Chegando lá disse:

– Vá em paz meu filho. Que Deus o acompanhe.

E o homem respondeu:

– E que Ogum te guie.

E o mendigo sumiu na escuridão da noite.

Foto: Sandeep Swarnkar/Unsplash