Energia boa é no Terreiro! Não é sempre assim…

0
1749
Publicidade

Energia boa é no Terreiro, não é? Nem sempre, infelizmente.

A pessoa pode até sorrir, mas a energia dela não mente. E não é preciso ser médium para ‘captar’ isso.

Um exemplo: pessoas sugadoras de energia.

Sabe aquela pessoa com quem você conversa 5 minutos e em seguida começa a se sentir incomodado, cansado e até boceja? São os sugadores.

A grande maioria nem sabe que faz isso, mas faz e incomoda.

E que fique claro: todos nós já fomos sugadores de energia em algum momento de nossas vidas.

Tudo no universo é energia, eletromagnetismo. Espiritualidade – arrisco dizer – é um estado energético em que nos ligamos a forças maiores do que nós.

Seja na Física Quântica, seja nas doutrinas religiosas, as energias são a base de tudo. Elas comportam o Todo, do micro ao macro.

Oxalá emite a todo tempo a vibração da paz e da fé; Xangô a Justiça; Ogum a Lei e a Ordem e assim por diante. Tudo está em movimento. Tudo é energia.

Assim, os sugadores e os sugados são pessoas que se encontram, que mantém contato e que na maioria das vezes, de forma involuntária, trocam estas energias que carregam
em si.

Nos dias de hoje, dá pra dizer que quase tudo nos afeta fortemente para romper com o equilíbrio energético desejado.

E a prosperidade financeira é um dos que mais bagunçam este equilíbrio.

Quer chamar de inveja? Sim, pode ser um ponto de partida. Mas será que a pessoa que suga sua energia positiva sente inveja das suas viagens, carros, roupas, objetos, relacionamentos, etc, ou o que realmente pega é que alguns demonstram naturalmente um brilho na alma, uma leveza e confiança na vida que muitos não têm?

Por que ninguém inveja o livro que você lê, o curso que você fez, e sim seus bens materiais?

Nos dias de hoje, grande parte das pessoas se aproxima das outras por interesse, seja ele financeiro ou mera curiosidade na vida alheia.

No começo as pessoas enganam, mentem, passamos a acreditar no que elas falam.

E aí surgem ‘anjos’ ao nosso lado que tentam nos alertar sobre estes enganadores, sugadores. E é incrível, porque passamos a achar que o amigo que está alertando está
com ciúmes ou inveja!

Mal sabem que estas que lhe falam francamente cumprem a máxima de ‘quem avisa amigo é’ e são verdadeiros instrumentos divinos, prontos para nos alertarem sobre os
perigos da inveja e da energia ruim.

Sabe aquela pessoa que quando você conta algum acontecimento bom da sua vida, ao invés de comemorar faz uma crítica?

Sabe aquela pessoa que encontra defeito em tudo que você faz ou diz?

Sabe aquela pessoa que quando está perto o clima pesa?

Estes são os sugadores, invejosos, voluntários ou não.

Estas pessoas plantam a semente da dúvida em nós. Logo começamos a desconfiar de tudo e o que era energia boa cai por terra.

Muitos mudam da água para o vinho, se tornando pessoas irritadas, maledicentes. Ou seja: os sugadores não apenas esgotam sua energia boa como alteram seu modo de ser.

E então, por um breve momento, você se volta para Deus, para os Guias e Orixás. E percebe que começa a não se sentir bem na presença destes sugadores.

Só a presença destas pessoas o irrita, às vezes só de ouvir a voz delas.

São sinais da espiritualidade para que você volte a enxergar o mundo com seus próprios olhos e começar a se livrar das más energias que o cercam.

Infelizmente, vivemos rodeados de pessoas assim, até mesmo nos Terreiros. Elas se camuflam e é preciso muito cuidado para lidar com essa negatividade toda.

Somos frágeis e em muitos casos essas energias nos fazem mal.

Cuidado com quem você coloca na sua casa e principalmente em sua vida. Nem todos querem seu bem.

Nem todos vibram energia boa.

Vigie a si mesmo, o que você fala e como reage a cada situação. Ao invés de sugar, tenha sentimentos de paz, alegria e amor, seja por quem for.

Faça orações, acenda sua vela, peça proteção sempre.

A humanidade está precisando de leveza e alegria. Sua paz espiritual é o caminho.

Nos Terreiros, cumprimente, converse, faça amizades. Deseje o bem a todos e não permita que aqueles que estão em desequilíbrio o afetem.

Energia boa deve ser cultivada a todo momento!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorBoiadeiros na Umbanda: Orações
Próximo artigoUmbanda Religião Maravilhosa
O Umbanda Eu Curto foi fundado em 2011 e trará sempre discussões e ensinamentos importantes sobre a Umbanda. De forma leve, trataremos nossa religião sempre com muito respeito e responsabilidade, tornando claros os conceitos em mais de 100 anos de história.