Publicidade
Início Matérias Textos Reiki na Umbanda: é possível aplicar dentro da religião?

Reiki na Umbanda: é possível aplicar dentro da religião?

0
4229
Publicidade

Reiki na Umbanda é possível?

Reiki é uma terapia holística natural que parte da premissa que as mãos de um “Terapeuta Reiki” irradiam energias vitais do Universo (Rei) para estabelecer o equilíbrio da energia vital (Ki) da pessoa atendida.

O Reiki é uma modalidade de terapia reconhecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

A prática do Reiki considera conceitos de Universo, Chacras, Energia, Negatividade, Positividade, Magnetismo, etc.
Assim, pode ser confundido com práticas espíritas de mesa branca, Umbanda e até Candomblé.
Todavia, o Reiki é uma modalidade de terapia enquanto estas últimas são religiões.

BENEFÍCIOS DO REIKI

Entre os benefícios da terapia Reiki, destacam-se:

– Controle do estresse;
– Limpeza do campo energético, chacras e áurea;
– Alívio de dores física e mental;
– Purificação de ambientes;
– Auxílio no processo de recuperações diversas;
– Auxílio no fortalecimento do sistema imunológico;
– Atua no manejo de emoções e estados psicológicos entre outros.

REIKI É RELIGIÃO?

Não.
Reiki faz parte da medicina oriental e no Brasil está entre as Práticas Integrativas e Complementares em Saúde Pública.
Assim, trata-se de uma terapia holística transmitida pelas mãos, vinda do Tibete.
Dessa forma, não tem vínculo algum com religião embora tenha conexão com o sagrado porque tudo é sagrado/divino.

Igualmente, não é corruptível, isto é, ninguém reinventa.

Reiki não tem nada a ver com “fluidos vitais”, “ectoplama”, “bons fluídos”.
Reiki não é fluido.
Da mesma forma, não é denso como a energia canalizada entre espíritos e médiuns-espíritas, que alguns autores tentam confundir os leitores.

REIKI É MAGIA?

Não. E nem é Espiritismo.
Aliás, é um conhecimento milenar contido na Medicina Tradicional Oriental.
De fato, há registros no Tibete que datam do Século VII, passado de mestre para aluno, de mão em mão, através de iniciações presenciais.
Não tem a menor conexão nem pode ser utilizada pela magia.
Por certo, os símbolos Reiki são codificados em forma de portais.
Assim, não podem ser alterados nem manipulados para trabalhar com os anjos caídos, devotos da magia.

POSSO UTILIZAR O REIKI NA PRÁTICA UMBANDISTA?

E o Reiki na Umbanda?
Em princípio, não há nada contrário em um Mestre Reiki fornecer cursos nas instalações de um Centro Espírita (Umbanda, Mesa Branca, etc).

Porém, é claro que os cursos de Reiki só podem ser ministrados por mestres credenciados e não por pessoas incorporadas.

É certo que os Centros Espíritas aplicam passes magnéticos e estes, assim como a “Apometria”, NÃO PODEM SER CONFUNDIDOS com Reiki.
São energias diferentes e não podem ser confundidas.

Por fim, Reiki é uma coisa e Umbanda é outra.

A Associação de Mestres e Terapeutas Reiki não reconhece, não aconselha e não recomenda que se misture a técnica em ritos religiosos.

O Reiki pode ser ASSOCIADO como terapia a um ou outro caso específico de saúde.
Porém, como técnicas independentes.

Por exemplo: posso estar fazendo tratamento na Umbanda por estresse e paralelamente estar fazendo Reiki para o mesmo objetivo.

Mas não posso dizer que faço Reiki dentro da Umbanda ou Umbanda dentro do Reiki.

Tanto a Umbanda quanto o Reiki tem fundamentos e é preciso estudar.

Em suma: Reiki na Umbanda é possível desde que se saiba que cada qual em seu lugar e as práticas são separadas.

Fonte: Blog do Baiano Juvenal

CLIQUE AQUI e leia o artigo completo com informações sobre Reiki para animais, formação de terapeutas, entre outros detalhes