Publicidade
Início Notícias Cultural Bienal 2018 é sucesso de público e vendas. Madras Editora apostou em...

Bienal 2018 é sucesso de público e vendas. Madras Editora apostou em lançamentos

0
895
Publicidade

A Bienal 2018, mesmo antes da divulgação dos números oficiais, foi um sucesso de público e vendas.

Assim, o último fim de semana foi disputado, impulsionado também pelo Dia dos Pais.

De acordo com reportagens da Folha de S.Paulo e do portal G1, os campeões de vendas forma os chamados encalhes (livros de até 10 reais).

“Realmente, neste ano, a gente observa muito mais promoção, né?”, confirmou Luís Antonio Torelli, presidente da Câmara Brasileira do Livro (CBL), organizadora da Bienal, em entrevista ao G1.

Mesmo as editoras menores conseguiram aproveitar o momento, embora os títulos mais baratos tenham sido os preferidos.

“Eu acho que é também um pouquinho uma percepção dos expositores de que nós vivemos uma crise grande.
O Brasil inteiro vive uma grande crise.
Então, acho que aqui é o momento em que as editoras podem dar uma resposta mais positiva para o público”, disse Torelli ao G1.

Igualmente, a intensa programação cultural promovida pela Bienal 2018 também colaborou.

Afinal, com o autor presente, em carne e osso, o consumidor fica mais propício para a compra.

Alexandre Cumino e Wagner Veneziani

Dessa forma, no estande da Editora Madras, por exemplo, além da presença de autores autografando os lançamentos, muitas promoções relâmpago foram feitas.

Com um dos maiores espaços da Bienal 2018, a Editora Madras diversificou sua atuação.

Severino Sena, Alexandre Cumino e José Usher não apenas autografaram seus lançamentos como ficaram horas à disposição dos leitores.

De fato, os três são autores umbandistas de renome que o público pôde interagir sem cerimônias, fotografar e abraçar no estande.

Assim, o estande foi um dos mais cheios e disputados da Bienal 2018, garantindo vendas e grande exposição da marca.

Que a Bienal 2018 seja apenas um indicativo de sucesso para a próxima.

Conheça alguns lançamentos da Madras nesta Bienal 2018:

Mindfulness Atenção Plena no Movimento – Tamara Russell

Maria Padilha: Segredo da Pombagira Menina – Sebastião Cabral

José Usher, autor umbandista

Grimório para o Aprendiz de Feiticeiro – Oberon Zell-Ravenheart

Exu não é Diabo – Alexandre Cumino

Pombagira: A Guardiã dos Desejos – José Usher

Song Book da Umbanda: Oxóssi, Caboclos e Caboclas -Severino Sena