Publicidade

Ogum é a Divindade que está assentada na Linha da Lei. Representa a Ordenação Divina, o Governo da Lei Maior em toda a Criação.

Suas Irradiações energéticas e espirituais contínuas amparam e sustentam aqueles que vivem dentro da Lei e da Ordem Divinas e também socorrem aos que necessitam desse amparo. Ele é a Lei, cujo símbolo é a espada, que por sua vez representa o caminho reto, a retidão de caráter, a honra, a honestidade. Perante a Lei não existe “mais ou menos”, ou seja, não se pode ser “mais ou menos honesto”.

Ogum é que realiza a abertura de caminhos

É também é responsável pela ordenação, pelo afastamento do caos e pelo corte das atuações negativas, mas tudo a partir do equilíbrio dos seres perante a Lei Divina. A primeira “batalha” que Pai Ogum nos ensina é vencer os vícios e a desordem interna. Uma vez equilibrados, podemos atrair situações e relacionamentos ordenados.

Lei e Justiça são interligadas, não se pode obter o amparo da Justiça Divina sem viver em obediência às Leis da Criação. A Lei atua sem cessar, irradiando-se para toda a Criação. Quando você está em desacordo ou desequilíbrio, isso não significa que Ogum não esteja perto de você ou que não esteja irradiando sua energia sobre você! No momento em que você ‘retorna aos trilhos’ em sua vida, receberá a irradiação da Lei, da Ordem e do Caminho.

Ogum é geralmente é representado como um guerreiro portando uma espada e um escudo. Com forte relação com deus romano Marte, o Orixá Ogum é muitas vezes identificado como um centurião romano ou soldado espartano.

O dragão é considerado o símbolo do ego

Ogum também é fortemente identificado com São Jorge. O dragão subjugado por São Jorge e por São Miguel Arcanjo, que sincretizam com Ogum, representa exatamente o trabalho pela vitória sobre as nossas trevas interiores. O dragão é o símbolo da maldade, dos vícios, das negatividades, do nosso próprio ego exacerbado, da vaidade extrema e da ganância. Vencendo o dragão, sob o amparo de Ogum, nos habilitamos para atrair situações favoráveis, sob o amparo da Lei.

Relações

Irradiação: Lei
Campo de atuação: Lei e Ordenação
Elementos: Ar e Fogo
Cores: Vermelho, Azul escuro e Prateado
Data comemorativa: 23 de abril
Dia da semana: Terça-feira
Sincretismo: São Jorge, Santo Antonio de Pádua, Marte, Ares
Saudações: Ogunhê meu Pai! / Patacori Ogum!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorObaluayê
Próximo artigoOmulu
O Umbanda Eu Curto foi fundado em 2011 e trará sempre discussões e ensinamentos importantes sobre a Umbanda. De forma leve, trataremos nossa religião sempre com muito respeito e responsabilidade, tornando claros os conceitos em mais de 100 anos de história.